Share |

Sobre: Portalegre

Setembro 11, 2015

Manifesto Eleitoral

Este é o Manifesto Eleitoral dos candidatos a deputados do Bloco de Esquerda do Distrito de Portalegre. É diferente de outros manifestos apesar do País ser o mesmo e os problemas muito semelhantes a outras regiões. O País é o mesmo mas as políticas para o interior transformam-no em duas realidades muito distintas.

A representatividade e a capacidade da região para ser ouvida está limitada a dois deputados que são eleitos com mais de 20 mil votos. O distrito tem sido castigado pela ausência de uma verdadeira regionalização que permita ao interior ter uma presença na política nacional que integre outros factores que não e apenas o número de habitantes e o dinheiro que movimenta. Outros valores como o ambiente, a natureza, a economia local, o património ou a proximidade, têm estado ausentes (desvalorizados) em favor de formas de vida que nada têm a ver com a realidade de um mundo rural.

Outubro 17, 2014

Caros ouvintes, este distrito está num processo de implosão. Depois do fecho de escolas públicas por decisão política, também agora, a Escola de Artes do Norte Alentejano com 28 anos de existência, está em risco de insolvência por falta de soluções para pagar dívidas e salários em atraso. Para um ensino que se queria articulado, falha precisamente na falta de articulação entre estas escolas e o Ministério da Educação. O principal problema está no modelo de financiamento e foi o governo que decidiu colocar estas escolas a depender dos fundos europeus. Nos últimos 3 anos com a alteração no modelo de financiamento, esta Escola tem perdido entre 125 e 150 mil euros por ano. Ora, se existem dívidas e estas Escolas dependem do POPH, um Fundo Social Europeu, temos aqui uma “pescadinha de rabo na boca” que limita uma solução e ajuda a promover as escolas privadas. O Estado desinvestiu nestas escolas e é importante sabermos através do Ministério qual a situação financeira do ensino articulado da música, ou seja, em que condições está a ser garantida a gratuitidade deste tipo de ensino para os alunos que frequentam a rede pública de ensino.

Maio 9, 2014

A cabeça de lista do Bloco de Esquerda (BE) às eleições europeias, Marisa Matias, criticou a ausência de investimentos no interior do país, ao comentar o Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas (PETI), apresentado pelo governo, para o período 2014-2020.

A bloquista, que falava em Portalegre, diz que o PETI "é um plano de um país que não tem interior, e mais grave do que isso, é muito centralista".

Maio 7, 2014

Com Catarina Martins, Marisa Matias, Helena Figueiredo, António Ricardo e Jaime Abreu. Ver cartaz.  Ponte Sor, zona ribeirinha - junto às piscinas, 21h.

Março 27, 2014

A Comissão Coordenadora Distrital de Portalegre do Bloco de Esquerda considera que o actual estado em que se encontra o distrito é o mais grave dos últimos 40 anos.

A grave situação económica e social colocaram o distrito de Portalegre como um dos principais exportadores de mão de obra para o estrangeiro devido ao elevado número de desempregados, 12.300, e da ausência de políticas que dinamizem a economia local e regional.

As centenas de famílias que vivem apoiadas pelas diversas instituições sociais no distrito, não conseguem ver o fim do enorme pesadelo que lhes caiu em cima.

Fevereiro 18, 2020

PTE-004252/2019Resposta dada por Virginijus Sinkevičiusem nome da Comissão Europeia(14.2.2020)

 

 

A Comissão está ciente da situação difícil criada na bacia hidrográfica do Tejo pelas graves secas de 2019.

 

A Comissão tem igualmente conhecimento da Convenção de Albufeira entre Espanha e Portugal e do processo de planeamento conjunto que teve lugar para a preparação dos segundos planos de gestão das bacias hidrográficas. De acordo com ambos os países, apesar da seca e da irregularidade dos volumes libertados, a Convenção foi respeitada.

 

Com base na avaliação dos segundos planos de gestão das bacias hidrográficas, a Comissão formulou recomendações aos Estados-Membros com vista a melhorarem a aplicação da Diretiva-Quadro Água. No respeitante a Portugal e Espanha, uma das recomendações consistiu em continuarem a melhorar a cooperação internacional para a gestão das bacias hidrográficas transfronteiriças.

 

Janeiro 13, 2020

Hoje a deputada Fabíola Cardoso esteve em Fronteira,  numa  sessão do Parlamento dos Jovens, com a presença de elementos das estruturas locais do Bloco de Esquerda. 

Setembro 12, 2017

Já está disponível o manifesto da candidatura autárquica do Bloco de Esquerda a Portalegre.
Até dia 29 de Setembro publicaremos nesta página mais informações sobre a nossa candidatura.

Agosto 31, 2017

A imagem de campanha da candidatura autárquica do BE de Portalegre já está na rua.

Julho 3, 2017

Bloco de Esquerda apresenta na próxima quinta-feira candidatos aos orgão autárquicos de Portalegre, com a presença do deputado Pedro Soares.

Março 11, 2016

Amanhã dia 13 de Março pelas 16:00 horas no Centro Popular dos Trabalhadores de S. Cristóvão, Bairro do Atalaião em Portalegre, a Porta Voz Nacional do Bloco de Esquerda e o Deputado Jorge Costa vêm a Portalegre prestar contas da atividade parlamentar e em particular sobre o Orçamento Geral do Estado.

Março 11, 2016

Foi eleita a nova Comissão Coordenadora Distrital de Portalegre do Bloco de Esquerda, tendo a única Lista/Moção "Nova Esperança, mais e melhor Esquerda em Portalegre", obtido a unanimidade dos Votos entrados em Urna, sendo que esta eleição foi a mais participada de todas as eleições para a eleição deste órgão dirigente.

A Lista eleita:

1 - António Maria Ramos Ricardo  
2 - José Carlos Soares  
3 - Vitória Maria N. Paixão Rato  
4 - David Manuel T. C. P. Bizzaro  
5 - Francisco Luís Mocinha Castelo  
6 - Cecília Maria Mateus Lopes  
7 - João Luís Mourato Varela  
8 - Joaquim José Garcia Gordo  
9 - Filomena Jesus M. C. Rodrigues  
10 - Francisco Filipe B. S. Filipe  
11 - Carlos Alberto Aires Lage  
12 - Ana Maria Oliveira Vinagre  
13 - João Francisco R. Faria Simões  
14 - Luís Miguel Beirão Ernesto  
15 - Carla Isabel Prates Alcaravela 

Suplentes:
1 - António Manuel Carlos Pereira  
2 - Dário Fernando Esteves Alfaia  
3 - Sónia de Fátima Castelo Rodrigues  
4 - Nuno Henrique Varela Canha  
5 - Rui António David Gaita
6 - Maria José Pinheiro  
7 - Adelino Raimundo Candeias  
8 - Hugo Freire dos Reis Ferreira